Fertilidade x Idade

Acreditamos que todas as mulheres precisam saber mais sobre o seu relógio biológico. Leia mais aqui para aprender mais sobre fertilidade x idade, e como o tempo realmente afeta sua capacidade de ter um bebê saudável.

Se você achar necessário saber sobre o futuro da sua fertilidade, você pode agendar uma avaliação hoje para testar sua reserva de ovariana e entender como o congelamento de óvulos pode ajudar.

Nem todo óvulo leva a um bebê, por mais jovem que seja.

É um equívoco comum que temos 100% de chance de gravidez cada vez que ovulamos (ou seja, a cada mês). Como uma certa porcentagem de nossos óvulos é anormal em qualquer idade, e porque a fertilização deve acontecer dentro de uma janela estreita após a ocorrência da ovulação, mesmo uma mulher jovem e saudável que tenta engravidar tem apenas uma chance de 25% por mês.

Então uma mulher saudável em seus 20 anos tem uma ótima chance de engravidar em um determinado ano, se ela estiver tentando. (É por isso que os médicos dizem às mulheres com menos de 35 anos que continuem tentandi engravidar por um ano, antes de buscar ajuda de fertilidade.)

A fertilidade entra em um declínio mais acentuado em torno dos 35 anos de idade – mais de 10 anos antes da menopausa.

Nossa “vida reprodutiva” começa quando chegamos ao nosso primeiro período, geralmente cerca de 12 anos ou mais, e dura até o nosso último período menstrual algumas quatro décadas depois (a menopausa). Mas porque a contagem de óvulos e a qualidade deles diminuem à medida que envelhecemos, não permanecemos férteis durante a totalidade desse período.

Não é exatamente como se a fertilidade caísse de um penhasco aos 35 anos, mas o declínio da fertilidade ocorre ao longo da vida adulta. O declínio da fertilidade é um efeito de bola de neve – o que significa que envelhecemos, não só a nossa fertilidade declina. Assim, a inclinação descendente da fertilidade e da idade fica mais íngreme por volta dos 30 anos.

De fato, a imagem acima demonstra o declínio da fertilidade relacionada à idade se reflete em muitos estudos de tecnologia de reprodução assistida.

Um estudo de mulheres saudáveis ​​e férteis submetidas a inseminação artificial com esperma de doadores indica que a chance de engravidar em 12 ciclos (ou cerca de um ano) foi de 73% para mulheres de 30 e menos, e caiu para 54% para mulheres com mais de 35 anos.

E as estatísticas nacionais para as mulheres submetidas à fertilização in vitro utilizando os seus próprios óvulos, da mesma idade demonstram que a queda no sucesso da FIV também é dramática: para mulheres com menos de 35 anos, a porcentagem de ciclos de FIV bem sucedidos foi de 41,5%; Para mulheres 35-37, foi de 31,9%; Para mulheres 38-40, 22,1%; 12,4% para mulheres 41-42; 5% para mulheres 43-44; E apenas 1% para mulheres com mais de 44 anos. Isso significa que, após os 35 anos de idade, as taxas de natalidade de FIV diminuíram cerca de 10% a cada 2 anos – refletindo uma relação semelhante entre fertilidade e idade, como vemos na fertilidade natural.

É realmente importante que as mulheres tenham consciência de todos os fatos sobre fertilidade e idade, para que eles possam, antecipadamente fazer melhores escolhas sobre suas vidas e sua saúde.

 

Gostou da Matéria? Deixe seus comentários!!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *